Vamos falar agora sobre o tratamento da Incompetência istmo-cervical e do colo curto!

Quando o diagnóstico se baseia no histórico de gestações anteriores (abortamentos tardios ou partos prematuros), na gravidez subsequente é imperativo a realização da Cerclagem Uterina programada ainda no primeiro trimestre da gestação. Este procedimento consiste na realização de pontos no colo uterino com o intuito de fortalecer esta estrutura e inibir sua abertura prematuramente, evitando uma nova perda gestacional. Como ilustrado na imagem do Post!

Quando o diagnóstico de colo curto ocorrer na primeira gestação, após a ultrassonografia transvaginal para medida do colo do útero no segundo trimestre e sinais de encurtamento do colo forem encontrados, a cerclagem de emergência pode ser realizada, com maiores riscos quando comparada ao mesmo procedimento no primeiro trimestre. Uma opção à cerclagem, nestes casos, seria a colocação do pessário cervical, um dispositivo de silicone que reforça estruturalmente o colo uterino sem a necessidade de uma intervenção cirúrgica com anestesia.
Atenção meninas, cada caso deve ser avaliado individualmente, o diagnóstico de incompetência istmo-cervical e colo curto deve sempre ser feito por um profissional obstetra e o tratamento deve ser definido exclusivamente por este profissional.
Na nossa região já dispomos de todos estes dispositivos!!!

Procure seu obstetra, tire suas dúvidas..