Não. A maioria dos fetos está de cabeça para baixo com 20 semanas. No seu laudo aparecerá como cefálico. Estar de cabeça para baixo não significa estar “encaixado” (termo técnico é insinuado). O bebê só vai “encaixar” no momento do início do trabalho de parto, que pode demorar semanas. O risco de prematuridade é avaliado através de outros marcadores, não a posição do seu filho no útero.